Fitness

Novidades

Correr ao fresco sem frio

CORRER FAZ PARTE DO SEU DIA-A-DIA MAS QUANDO CHEGA O FRIO FICA SEM SABER O QUE FAZER? POIS, NÃO PRECISA ALTERAR A SUA ROTINA E DEIXAR DE FAZER A SUA CORRIDA. NÓS EXPLICAMOS-LHE QUAIS OS CUIDADOS QUE DEVE TER.

20.03.2018 por Célia Figueiredo

Com a chegada do frio, a tentação de fugir à rotina da corrida diária, é grande. O truque é não perder o hábito, manter a regularidade e continuar a treinar/correr. Portanto, antes que isso aconteça tome nota de algumas dicas e cuidados para o fortalecer e enfrentar o frio que está lá fora.

Em primeiro lugar deve preparar a roupa que vai vestir. Pode parecer um assunto menos importante, mas se lhe dissermos que nos dias mais frios, cerca de 40% do calor corporal é perdido pela cabeça, certamente concluirá que é importante usar um gorro. Mas como vai correr, é natural que vá suar, portanto nada de casacos. Opte por roupas de tecido absorvente, por exemplo de algodão ou de nylon, leggings, corta-vento e não se esqueça das luvas. Existem várias opções específicas nas lojas de desporto.

Segunda recomendação, ainda no âmbito da preparação: use protetor solar e óculos de sol. Pois é, parece descabido, mas por vezes é nos dias frios e de muito vento, que maiores danos se causam à pele. Não vale a pena arriscar. São dois minutos e já está, estamos protegidos!

De seguida, e já em ação, vamos para o aquecimento. Nunca esquecer ou ignorar esta fase, para evirar lesões musculares. O aquecimento acelera o metabolismo, aumenta a temperatura muscular e a velocidade da contração muscular.

Durante a corrida, aposte na resistência e deixe de lado a velocidade. Se conseguir, prefira correr a horas “mais quentes” do dia, evitando os extremos do dia. E claro, nunca, mas nunca se esqueça de beber muita água antes, durante e após a corrida. É fundamental manter-se hidratada!

Por fim, não se esqueça que tem de arrefecer. Um bom arrefecimento é tão importante quanto o aquecimento, e faz o ritmo cardíaco regressar aos níveis de repouso, reduz o potencial das dores musculares e reduz os níveis de adrenalina no sangue. Ficam as dicas. Com isto… run Forrest run!

0 Comentários

Deixe um comentário

Quer juntar-se à discussão?
Esteja à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *