TODOS OS ALIMENTOS TÊM UMA FUNÇÃO ESPECÍFICA, PARA ALÉM DO SEU VALOR NUTRITIVO. E SE HÁ AQUELES QUE NOS DEIXAM CALMOS E RELAXADOS TAMBÉM HÁ ALIMENTOS QUE SÃO UM VERDADEIRO BOOST DE ENERGIA. E PARA ALÉM DO IMPULSO ENERGÉTICO QUE FORNECEM TÊM A VANTAGEM DE SEREM ULTRA SAUDÁVEIS.

23.06.2018 por Célia Figueiredo

As segundas-feiras ou o regresso de férias são, habitualmente, sinónimo de muita preguiça e pouca energia. Para combater esse estado mais débil muitos portugueses recorrem ao café como forma de ganhar alguma energia rápida. O problema é que os estimulantes como o café têm um efeito imediato mas temporário, o que quer dizer que passado algum tempo para manter o mesmo nível de energia teria de continuar a beber café. Muitas vezes o resultado é que ao final de algumas horas se sinta ainda mais cansado do que quando acordou. Portanto, esse não é o caminho. A solução para ganhar força para enfrentar a segunda-feira, ou outra qualquer situação onde lhe falte esse estímulo, é recorrer a alimentos que gastam pouca energia no processo de digestão e auxiliam na produção daquele boost de energia.

A ideia é que possa consumir alguns destes alimentos logo ao pequeno-almoço para lhe dar aquele empurrãozinho energético. As sementes de chia são um bom exemplo, por serem uma verdadeira fonte de energia, uma vez que apenas uma colher de sopa consegue fornecer cerca de 5 gramas de proteína, uma boa dose de ácidos gordos ómega 3 e ainda magnésio, ferro, cálcio, potássio e antioxidantes. Também a aveia é uma fonte de energia natural, uma vez que e rica em hidratos de carbono necessários para aquele boost de energia. O açúcar natural e as fibras encontradas na fruta são igualmente uma boa escolha para o pequeno-almoço. Pode optar por fazer um smoothie com iogurte, optando pela banana, rica em potássio e vitaminas B, mantêm o nível de glicose estável e ajudam a desacelerar a digestão.

Ainda no pequeno-almoço os ovos ganham destaque pelos nutrientes (ferro, zinco, vitaminas do complexo B e proteína) que fornecem, mas também pelas diferentes formas como podem ser cozinhados.

Ao longo do dia, como lanche, existem outros alimentos com a mesma função que pode ir petiscando para não perder o ritmo. Os frutos secos como as castanhas-de-caju, amêndoas e avelãs possuem bastante magnésio e são excelentes fontes de proteína, fibra e nutrientes. Aposte, por exemplo, em comer uma maçã com um punhado de amêndoas, uma combinação rica em fibra e que faz disparar os níveis de energia, mantendo-os estáveis a longo prazo. Ainda no mesmo capítulo está uma das frutas que mais beneficiam a saúde: as goji berry. São uma fonte de proteína completa e, por isso, aumentam os níveis de energia, com pouca quantidade.

Para os que sentem falta do café, sugerimos que o substitua por um chá de gengibre. Está repleto de antioxidantes e nutrientes capazes de fornecer a energia extra que precisa já no fim da tarde.

Por fim, não nos podíamos esquecer do amado chocolate. Mas não é um chocolate qualquer. Convém que seja o negro, com maior percentagem de cacau e que contém um estimulante natural chamado teobromina, similar à cafeína, exatamente o que lhe vai dar energia e até melhorar seu humor!

Olá! Precisa de ajuda?
Powered by